"O difícil é diferente do impossível. É preciso acreditar sempre." Márcio Pimentel
Sociólogo
24 Anos

Testemunho na primeira pessoa - Prof DA Sandra Borges & Vitor Fernandes (EBS do Nordeste)


Na EBS do Nordeste, quando fomos nomeados a integrar o projeto ficamos com algum receio. No ensino têm sido tantas as mudanças que os professores já receiam o que vem de novo. No entanto, abraçamos o novo desafio com entusiasmo e responsabilidade.


Sem dúvida, o projeto do qual fazemos parte tem sido um desafio diário, pois todos os dias esforçamo-nos por conseguir superar as dificuldades dos nossos alunos de forma entusiasta e motivadora.


Diagnosticámos precocemente as dificuldades dos alunos a matemática e definimos uma rápida intervenção com vista à sua superação, com base na formação que recebemos, pomos em prática atividades/estratégias, criando materiais didáticos que motivam os alunos para as aprendizagens. Procuramos, desta forma, dar resposta aos seus interesses, motivações e expetativas.


Todo o trabalho tem sido desenvolvido com estreita colaboração com os professores titulares da nossa Unidade Orgânica e tem vindo a dar frutos.


A caminhada tem sido feita “passo a passo”, todos os dias ensinamos de forma diferente mas também aprendemos muito com as novas estratégias e metodologias que têm vindo a ser implementadas. E para a frente será o caminho.


Um poema DA


No princípio pareceu-me uma aventura

Depois tornou-se um desafio

O envolvimento e a partilha brotaram como uma bola incandescente de cores, números e luzes

Saltei entre o 5 e o 7

Nesta roda mirabolante do real ao abstrato

Fui criança e brinquei com o 1

Sempre ele, reto e austero na sua postura, impertinente e sóbrio

Mas a minha paixão ficou no 5

Alegre, bem disposto, sorridente e bonito

Vivi com ele num carrocel de vida, com música, gargalhadas e afetos

Qual Bond a tropeçar entre o 10 e o 11

Mas afinal onde estive eu?

Se para somar 8 com 5 tive que ir buscar o 10 e sobrou-me 3

Já sei! Foi no paralelepípedo da tal escola

Nessa escola onde se passam coisas fantásticas e exuberantes

Como a tal flecha disparada ao infinito

Mas não pode ser, tenho que medir a minha sala

Com quê?

Com o pé de um rei que é torto?

Não pode ser

Vou colocar mais ênfase neste problema

Vou pensar!

Voltar para a tal escola


Os Prof DA

Sandra Borges

Vitor Fernandes

(ano letivo 2015/2016)