"O difícil é diferente do impossível. É preciso acreditar sempre." Márcio Pimentel
Sociólogo
24 Anos

II Encontro Regional de Tecnologias na Educação



Durante dois dias, a EBI Francisco Ferreira Drummond deu palco a alguns dos projetos mais relevantes a nível nacional na área das tecnologias aplicadas à Educação. Inserido no programa regional T.O.P.A (Traz O teu Próprio Aparelho), o II Encontro Regional de Tecnologias na Educação constituiu um fórum de conhecimento privilegiado, que pode e deve ser aproveitado por toda a comunidade educativa dos Açores.


Deste modo, a Direção Regional da Educação tem o prazer de disponibilizar algumas das intervenções que tiveram lugar nos dias 4 e 5 de setembro de 2018 na Ilha Terceira.



Ana Amélia Carvalho


Dispositivos Móveis e Apps para envolver e desafiar os alunos a aprender


Partindo do pressuposto de que hoje em dia os professores disputam a atenção dos alunos com uma míriade de estímulos e dos resultados de anos de investigações do Laboratório de Tecnologia Educativa da Universidade de Coimbra, a palestrante explora as potencialidades da “gamificação”, propondo uma apropriação dos mesmos princípios que tornam os jogos tão adititivos em prol da Educação.






Anabela Santos


Experíência com alunos do 1º ciclo no âmbito da Programação e Robótica


Sabendo que o ensino de competências de programação aplicada será essencial na economia do futuro, e que o sucesso de uma aprendizagem eficaz daquela será maior quanto mais precoce for a sua introdução nos currículos, a turma da Professora Anabela Santos transmitiu a sua experiência em contexto letivo.


Desde a utilização de ferramentas como o Scratch à partilha de conhecimentos nesta área com escolas de outros países, os alunos da EBS Tomás de Borba na Ilha Terceira demonstraram as potencialidades da aplicação destas novas tecnologias na Educação.






Filipa Rei


Robótica para Todos - Iniciação à Programação e Robótica


Um estudo de caso de um projeto desenvolvido no âmbito de uma Atividade de Enriquecimento Curricular apoiada pela Câmara Municipal de Torres Vedras em parceria com o Clube da Robótica da Escola de São Gonçalo.


Este clube, que já venceu por treze vezes o Campeonato Mundial de Robótica, desenvolve uma série de projetos de referência que estimulam o pensamento computacional nos alunos, inclusive em contexto de Educação Especial, e constitui um caso de sucesso e de consulta obrigatória para quem desenvolve a sua prática letiva nas áreas da programação e robótica.






Hermínia Rodrigues | Francisco Sousa


Um caso de aplicação da abordagem TOPA no ensino da Física e da Química: da génese à disseminação.


A importância dos ambientes virtuais de aprendizagem são o ponto de partida para esta apresentação, que passa em revista as particularidades do ensino à distância e a importância de um modelo de avaliação próprio para esta modalidade de ensino.


Na segunda parte, é abordado um caso de estudo que utilizou a metodologia TOPA (Traz O teu Próprio Aparelho) e da sala de aula invertida, sendo enfatizadas as questões metodológicos e organizativos deste tipo de abordagem letiva.






Paulo Novo


TPC - 4 projetos, 1 monte de ferramentas


Fazendo uma retrospetiva da evolução das tecnologias disponíveis, do início da internet e da realidade atual, e assumindo que os paradigmas de aprendizagem colaborativo e cooperativo são realidades incontornáveis, Paulo Novo apresenta as ferramentas disponíveis na TPC - Tecnologias para Professores na Cloud (REDA, TOPA, Laboratórios de Aprendizagem e E.Bot), demonstrando as suas potencialidades para a sala de aula do futuro, em que a criatividade e o pensamento divergente são encorajados e necessários.






João Baracho


Apps for Good | Tecnologia e Cidadania na sala de aula


O diretor executivo da CDI, ONG responsável pelo projeto Apps for Good em Portugal, apresenta as potencialidades desta iniciativa e o seu impacto nas escolas e nas turmas que participam nesta competição internacional, que tem como objetivo estimular a resolução de problemas sociais recorrendo às tecnologias. São ainda apresentadas as externalidades positivas decorrentes do projeto através de relatos na 1ª pessoa.